segunda-feira, 21 de dezembro de 2009



No fim de semana andei passeando, fui ver o mar, coisa que já nao fazia à algum tempo e soube taooooo bem =)
Se dizem que o que tem que acontecer tem muita força.. talvez aquilo que não acontece seja também por uma razão ...

Voltei




Após uns quantos meses sem conseguir vir ao blogue aqui estou eu de volta :)
Começou a grande loucura pelas prendas de natal... as pessoas apressam-se a correr as lojas tentando não esquecer um ou outro elemento da família. Um fim de semana destes saí tendo como destino as lojas... Não vi assim muita coisa que me alegrasse a vista mas, já que estamos na época natalícia, porque não cravar 1 perfume à minha mãe?? Já que os tão famosos perfumes de marca são artigos que só ca pingam em épocas festivas tais como aniversários e natais, tem que se aproveitar a boa vontade e o espírito natalícios dos outros não é assim? E porque cheira tãooooooo bem que não lhe consegui resistir nem por nada!! (este já cá canta). Mas não nos podemos esquecer a cima de tudo que o natal nem só de presentes é feito!!! portanto mais um ano lá vamos reunir a famelga para o mega jantar de sempre em que sobra sempre comida para o dia seguinte... (Não sei porquê mas este ano tou sem paciência po natal.. Bah)
Já agora aproveito pa deixar 1 FELIZ NATAL para todos =)

domingo, 20 de setembro de 2009

Fechem o pano ...


Pois é meus amigos passada uma semana de aulas e ainda acredito ou tento acreditar que tudo isto não passa de sonho, ou melhor, talvez um pesadelo mesmo. Aulas de horas e mais horas sempre com a mesma pessoa fazem qualquer um se fartar e mesmo despertar o nosso hipotálamo para adormecer. Se dizem que o ser humano só tem concentração de 20 minutos, como é que nos espetam com uma aula de oito horas? Não há paciência e por mais que queiramos chega-se a um ponto que a única coisa no caderno são desenhos, feitos por uma pessoa como esforço para não adormecer. Deixa-se de ouvir o que se passa em redor.. Os colegas mandam calar e querem estar com atenção.. Aos poucos a sala vai-se esvaziando como se de uma sala de espectáculos se tratasse.. O pano não fecha e a cena não se dá por terminada contudo cada vez sente-se menos gente em redor.. Alguns tentam captar alguma atenção.. Outros já estão ali quase a "morrer" e eu só queria fazer um pedido: - Podem mudar de peça por favor?

sábado, 12 de setembro de 2009

"Por favor fecha a boca" XD


Normalmente usamos esta expressão quando vemos alguém que só abre a boca para dizer porcaria e não sai nada de jeito. Neste caso é sempre bem usarmos esta expressão. Muitas vezes também a utilizamos quando vemos um gajo jeitoso que nos deixa derretidas mas nos manda abaixo quando abre a boca para falar... O pior é quando temos mesmo que usar esta expressão dando outras finalidades... E quando o gajo é mesmo jeitoso que nos deixa a babar e abre a boca e o nosso mundo descamba por completo ?? E não, não estou a falar de qualquer sonoridade que sai desta, nada disso, tou mesmo a falar do sorriso em si, ou mais própriamente do aspecto placa a saltar da boca... Oh men a única coisa que se pensa nesse momento é mesmo let's run away from here... Não é estar a julgar alguém é mesmo o facto de "não tenhas a mania quando não estás no teu melhor"

Nem só de dança vive a noite..


Porque nem todas as noites nos apetece dançar dançar dançar, porque há dias que nos apetece relaxar um pouco e um ambiente de chill out e porque simplesmente existem dias assim... Ultimamente tenho frequentado o NosoloAgua na maravilhosa marina da Rocha... Pode não agradar a todos pois grande parte do pessoal que sai à noite sai para engatar e este não parece ser o sitio mais propicio a isto, visto ser frequentado por familias e pequenos grupos de amigos, também o preço das bebidas não é o mais apelativo, mas o que é preciso é saber escolher.

Eu e o meu pequeno grupo de amizades juntamo-nos aqui para por a escrita em dia, ou seja, contarmos as novidades do que nos tem acontecido, e gozarmos um pouco com cada situação. Não somos muito exigentes, para um momento bem passado basta-nos apenas a boa disposição, e esta não nos falta mesmo quando estamos quase quase a morrer de sono... Para tornar as nossas gargalhadas ainda mais entoantes, nada como adicionar o belo do suminho de ananás regado com umas pedritas de gelo para refrescar a garganta mesmo quando a brisa do mar nos esfria os pés e restantes extremidades... Porque o mar tem que estar sempre lá presente e porque nos tranquiliza e põe-nos melhor dispostos, nada como por as novidades em dia escarrapachadas numa caminha na praia à beira mar :P (brrrr já começa a estar frio à noite para isto hehe)

Metal Rocks Yeah



Agora ando naquela fase de ouvir música "metal" sem parar. Sim, e porque nem toda a gente acredita quando eu digo que oiço vários generos de música estou aqui para provar o contrario... Neste momento slipknot, stone sour, entre outros fazem parte da lista do média player e, porque nunca me canso de ouvir, o estado repetição é que está a bombar... E não são somente as músicas calminhas dessas bandas, aquelas com a batida forte é que rulaammm. Sim, porque às vezes um pouco de barulho na nossa vida também faz falta para libertar um pouco as emoções.... Para que aqueles que me conhecem bem não pensem que me estou a passar ou algo do género não se preocupem, ouvir uma musiquinha mais pesada não faz mal a ninguém nem chateia ninguém (quer dizer, ainda não pedi a opinião aos vizinhos mas...)....
ps.: E mais ainda i like a lot da voz do vocalista destas bandas (Corey Taylor Rula XD)

Fica aqui então uma não tao pesada escolhida especialmente para não assustar os ouvidos mais sensíveis hihihi
video

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Revolta Veranólica


Não posso acreditar que o fim dos dias de calor estão para breve.. Ir a praia de manhã e a tarde, com o famoso homem das bolas... Ainda o verão não acabou e já deixa saudades.

Quero continuar de férias não me apetece regressar as aulas e por os neurónios a funcionar, eles apelam por mais uns diazinhos de descanso e o corpo acompanha os seus apelos. O guarda sol continua guardado no porta bagagens, a toalha sempre à mão e o saco dos cremes, literatura para entreter um pouco e claro os óculos de sol continuam à vista. As roupas leves os tops com decotes e os calções teimam em não querer ser guardados e eu teimo em não os deixar de usar. É bom podermos mostrar o nosso bronze, revelando o esforço que tivemos em adquiri-lo.

As saidas à noite também apresentam um brilho diferente nesta estação do ano, talvez pelo facto de haver mais pele à mostra e por o calor tornar o ambiente mais explosivo… As horas parece que passam e nem damos por elas... (Já que o verão vai acabar tenho que imigrar para algum sitio diferente, estou a ver que sim.. ). O verão é diferente vemos novas caras quase todos os dias, os bifes teimam em voltar para cá, pensam que isto é tudo deles e já nos mudam o nome e tudo... Aquilo que ja há vinte anos sempre conheci por Algarve agora, nem sei a modos de quein ganhou mais uma letra o "l" agora chama-se Allgarve... Já que vem cá toda a gente cair até faz algum sentido mas por outro lado, para quê mudarem um nome que alguém já há muitos anos construiu? Ainda por cima darem-lhe uma sonoridade um pouco estrangeirada... Mas enfim… Já tenho saudades do meu querido verão :(

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Posso voltar pa ilha? :P








Decididamente tenho que lá voltar outra vez. Já um quanto tempo que não ia à ilha de Tavira, mas para sair da monotonia de estar sempre no mesmo sitio e aproveitando alguma boa disposição resolvi voltar.

Chegamos lá e deparamo-nos com bandeira vermelha e umas ondas do tamanho de hoje e amanhã pensamos logo Oh God tams lixateds :P Mas depois de entrarmos realmente na praia dissemos nós não vamos mais querer sair daki hehe.

Apesar das ondas a água estáva no ponto... O nadador salvador (que parecia mais saido dum infantário) teimava em apitar para que as pessoas não se atrevessem demasiado nas águas bravas por sinal. Nunca tinha visto aquele mar assim tão revoltado ... Este estado do mar atraiu assim dezenas e dezenas de surfistas e bodyborder's à ilha.. E nós (eu e uma amiga), como o sustento dos olhos não é outro senão ver, resolvemos aproveitar as visões que nos eram oferecidas de bom gosto..

Não é que só uns momentos após já estarmos estendidas nas nossas queridas toalhinhas nos apercebemos que nos encontravamos mesmo entre dois grupinhos de surfistas.. uns do lado esquerdo que embora mais acima que nós, se encontravam mais perto, outros do lado direito.. Para não darmos a perceber assim logo à primeira colocamos os nossos maravilhosos óculos de sol e aprontamo-nos logo a apreciar aquelas vistas :P E não é que mesmo disfarçando eles nos toparam? O mar teimava em subir e chegou uma altura que tivemos que subir com o chapéu de sol para não apanharmos um banho em plena areia, eles também seguiram o nosso exemplo e por mais incrivel que pareça espetaram mesmo o guarda sol ao pé do nosso..

Já que estavamos naquele sitio o melhor era disfrutar de tudo o que nos tinha para dar e como não podia deixar de ser apanhar sol e um escaldão na bundinha XD

Chegou a hora de ir embora e não podia crer que já tinha passado tão rápido, infelizmente para as nossas tristezas :P Despedimo-nos da ilha e prometemos lá voltar de preferência por mais dias e com um maior grupo de amigos :)

domingo, 30 de agosto de 2009

Noite encantada

Esta noite vou ser a princesa do meu castelo com trono sem rei. Vou aperaltar-me, vestir a minha melhor roupa e usar as mais lindas jóias. Vou por a mesa e cear sozinha, como se duma festa se tratasse. Os portões permanecem abertos à espera de quem queira aparecer ou, quem sabe, de uma visita inesperada. Vou esperar com o meu melhor sorriso, mostrando aquilo que sou, esqueço e deixo para trás as paranoias. Esta nte é a minha vez de reinar, ao menos nos sonhos ...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Luzes da imaginação

Penso em ti, porque não me sais da cabeça? Afinal quem és tu? Alguma vez te conheci? Não sei realmente... Só sei que a minha cabeça não pára num instante. Pensamentos em vão? Muito possivelmente... Só precisava de te descobrir realmente, perceber-te e saber quem és.
Todas as noites não páras de me perseguir, assaltando-me a mente ligeiramente, entras em bicos de pés, silencioso, sorrateiramente. Contudo, permaneces, teimas em ficar uma e outra vez, vou permitindo e aos poucos habituando-me à tua presença. Talvez devesse ser mais rígida e fria, talvez devesse procurar-te e saber mesmo se existes. Mas, o talvez não passa simplesmente disso. Uma dúvida que nos assola e que por mais que queirámos não conseguimos travá-la.
De onde apareceste tão derrepente? Sem dar sinal da tua chegada... Será que existes ou apenas és uma imagem criada inconscientemente na minha mente? Aguardo o desfexo de tudo, onde perceberei se isto se trata de "um doce sonho ou um lindo pesadelo".

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Salvia microphylla


Finalmente parece que encontrei a flor que há tanto procurava. Com ajuda de gente entendida no assunto (ou então não), descobri a flor da minha infancia,ou então alguma sua familiar mas de muitas parecenças, os Coelhinhos da casa no campo dos meus avós. Ai ai, minha querida e feliz infancia!!!! =)

sábado, 15 de agosto de 2009

"Take this broken wings and learn to fly away, and be so free..."

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Frases da uma hora

Um dia falei contigo, em sonhos te abracei, sem te conhecer procurei, procurei e não encontrei. Onde andas tu, desconhecido??

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Um dia destes andava com o comando saltando de canal em canal, o chamado zaping, quando me deparo com uns desenhos animados e reparei numa frase boa para aplicar em alguns momentos mais dificeis:
"You can shine no matter what ur made of !" :)

Sinto falta daquelas palavras que nos deixam meio atrapalhadas, mas que lá no fundo enxem-nos o ego e metem-nos uma alegria visível simplesmente pelo olhar . Se fui feliz algum dia? Talvez, não sei... Por agora limito-me a viver a vida, passando por mim o tempo como uma bomba-relógio, vivo ansiando que ela rebente e de lá saia um espelho de cor e magia ao qual poderei chamar, com toda a certeza, Felicidade!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Come join me in that ting that everybody calls life :)

sábado, 16 de maio de 2009

Be happy


The sun shine for everyone
In the darkness it will come and put a smile in your face
After the storm, it will appear and will shine for ever
Dont be afraid cus you will be fine, I promisse! =)

terça-feira, 28 de abril de 2009

Preciso


Preciso de um lugar onde possa chorar sem ninguém notar,
um carinho ao luar para me acalmar,
uma palavra para me confortar,
uma luz brilhante para me alegrar.
Preciso gritar para me libertar,
uma musica feliz k me faz vibrar,
um raio de sol para me abraçar...

sexta-feira, 13 de março de 2009

Doce infância - Nostalgia


Quero voltar ao passado, sentir a brisa fresca do campo, as tardes de loucuras e brincadeiras, os passeios e piqueniques pela ribeira, fugir atrás das galinhas e assustá-las e adormecer à luz das velas fazendo sombras na escuridão e dizendo adivinhas.
Porquê que às vezes nos sentimos assim? Ansiando momentos passados que não voltam mais e recordando quem havemos de voltar a ver, talvez num futuro mais próximo que aquele que imaginamos.
Quero as corridas no carro de mão, o pescar sapos com canas de pesca e anzóis inventados, o apanhar girinos com um copo, inventar esconderijos por entre os ramos das árvores, mimar os gatos e poder dizer "este é meu, este é teu".
Quero o poder encharcar-me na água, saltar, correr, rir sem ninguém chamar-me a atenção, cantar as canções que todos acham piada e as aplaudem no final, poder dar um ar de graça inocente, jogar à bola e saltar por entre as pedras. Passar por tudo novamente aquilo que passei e que trazia felicidade.
Quero retroceder no tempo só por um instante que seja, voltar ao mesmo lugar e estar com as mesmas gentes. Até lá, deixo apenas um volto já...

Arco-íris de cor



Uma flor, ser tão pequeno mas, ao mesmo tempo de uma grandiosidade extrema. Como pode algo tão insignificante sustentar uma beleza tão marcante?
Lembro-me das flores, vários momentos da vida em que estes pequenos seres participaram. Fazem-me retornar à infância, momentos passados, mas eternamente gravados na memória e no coração e, sempre lembrados com um sorriso no rosto e um pingo de saudade.
Uma amendoeira em flor, quer dizer, várias, um monte carregadinho delas, brancura pura, visão de sonho e de imaginação que aparenta um monte vestido de bolas de algodão.
São tantas e tão variadas as suas características. Um mundo colorido, um arco-íris na terra, que, mesmo naqueles momentos mais tristes nos fazem arrebitar e mandar todos os males para trás das costas. Seu aroma intenso, desperta mil e uma sensações. As borboletas pairam em seu redor ostentando toda a sua beleza e misturando-se no mundo da cor.
Os dias tornam-se maiores e o calor já aperta, todo este clima está propenso a novas sensações, novas vivências e novas experiências, tudo em redor se altera. O sol brilha mais e anseia pela primavera.
E mais um dia e outro que passa e, todo este ambiente em nosso redor nos faz parecer mais felizes ...

segunda-feira, 9 de março de 2009

Sonhar


Descobre o sol que te aquece o coração e te faz corar
Vê como as flores despertam ao amanhecer e adormecem com a geada
Ouve o cantar dos pássaros que fazem-nos imaginar o inimaginável
Sente a brisa fresca do entardecer que toca a face e faz-nos sentir vivos
Agora, deixa-me adormecer ao luar, deixa-me sonhar, pois assim poderei viajar por este mundo e outros distantes, poderei sentir-me livre, ganhar asas e voar, descobrir aquilo que ainda ninguém descobriu, conhecer seres que nunca ninguém viu e viver como nunca ninguém viveu.
Depois, num amanhã talvez, possas descobrir o que sonhei e, quem sabe se, numa próxima vez, não quererás viajar no mundo do sonho comigo...